URGENTE: OMS declara pandemia

Imagem
A Organização Mundial da Saúde (OMS) declara uma pandemia do coronavirus, num reconhecimento de que a mera estratégia de conter a proliferação da doença já não seria suficiente. A classificação significa que uma transmissão recorrente está ocorrendo em diferentes partes do mundo e de forma simultânea.
Na prática, ao anunciar a pandemia, a agência de Saúde indica que governos devem trabalhar não mais para apenas conter um caso. Mas atuar para atender uma parcela da população mais ampla e vulnerável. Estratégias direcionadas apenas para identificar casos e isolar pessoas precisam ser trocadas para um plano sanitário que possa focar em evitar mortes.

A mudança no status não significa que a taxa de letalidade tenha sido incrementada. Mas que o risco de um contágio seria maior. Em apenas uma semana, o número de países afetados passou de 45 para mais de 110.

(Da coluna de Jamil Chade no UOL)

Mulher grávida apanha de policial militar em São Paulo

O vídeo é uma vergonha. Cenas de violência foram registradas nas ruas do interior de São Paulo, na tarde de ontem. Em São José do Rio Preto, município que fica a 400 km da capital paulista, um policial militar foi flagrado agredindo uma mulher grávida que estava imobilizada. As cenas são chocantes e causam repulsa.

A mulher teve sua barriga pressionada pelo joelho do policial, enquanto o mesmo desferia vários tapas na cara dela. Quem passava pelo local pedia socorro e insistia que o PM deixasse de agredi-la. Os motivos para tanta violência? De acordo com testemunhas, ela filmava os policiais que realizavam revistas em dependentes químicos que moram nas ruas. 

O governador João Doria disse que o policial foi afastado e que as medidas serão tomadas para evitar que o mau exemplo não se repita.

(com informações da Folha)




Comentários

MAIS LIDAS

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Mamata | General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior

VÍDEO. Tratores com jatos lançam fezes sobre Parlamento francês