OMS emite alerta ao mundo

Imagem
“Temos que fazer todo o possível para nos prepararmos para uma potencial pandemia.” O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, assumiu nesta segunda-feira que muito provavelmente o que hoje é uma epidemia, o Covid-19 ou coronavírus de Wuhan, transforme-se em algo maior. “Não podemos paralisar o mundo, e não é realista dizer que é possível parar a transmissão entre os países. Provavelmente haverá epidemias em vários, mas pode ser contida”, afirmou Michael Ryan, diretor do Programa de Emergências do organismo internacional.
O cenário mudou rapidamente em poucos dias. Passou-se de uma situação em que se observava como os casos na China pareciam ser contidos e como no resto do mundo as infecções eram muito escassas a outra com surtos descontrolados na Itália, na Coreia do Norte e no Irã. Ghebreyesus ressaltou que os surtos podem ser contidos e que o cenário continua sendo de epidemia, tanto pelo número de casos como de mortes fora da China. Ao mesmo…

Fogo no parquinho: Onix perde mais um assessor. Bolsonaro demite dois em 48 horas

Ex-chefe da Comunicação de Onyx Lorenzoni, Gustavo Chaves trabalhou como pôde para ajudar a salvar Vicente Santini, ex-secretário-executivo do ministério. Acabou metendo o pé pelas mãos.

Santini foi demitido publicamente por Jair Bolsonaro. Depois, numa reviravolta, o presidente voltou atrás e decidiu que arrumaria outra cadeira para Santini no governo. Aí que Chaves errou.

Ele emitiu uma nota oficial anunciando que Santini seria realocado, o que irritou Bolsonaro, e publicou no status de seu Whatsapp a imagem de uma fênix — o pássaro da mitologia grega que renascia das cinzas. Dançou.

Resumo da ópera: Santini foi exonerado pela segunda vez em 48 horas e Gustavo Chaves seguiu pelo mesmo caminho, demitido no dia seguinte.

(com informações do DCM e o Globo)


Comentários

MAIS LIDAS

Deputados negociam para votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!