MEC assume que errou notas do ENEM. A coisa está feia!

Imagem
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, admitiu neste sábado 18/I que notas do Enem foram divulgadas com erros.
"Encontramos inconsistências na contabilização e correção da segunda prova do Enem", disse ele em vídeo publicado nas redes sociais.
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inpe) liberou na véspera os resultados do exame. Imediatamente, candidatos relataram nas redes seu estranhamento com as notas.
Na manhã deste sábado, a União Nacional dos Estudantes (UNE) comentou a confissão do ministro:

ATENÇÃO!! MEC reconhece #erronoenem

"Tenho vergonha de estar no partido que tem Aécio Neves", diz prefeito

Bruno Covas, prefeito de São Paulo, luta contra o câncer mas não se entrega na batalha política por dias melhores na capital paulista. Covas deu entrevista à Folha e fez declarações fortes sobre sua posição política em relação a nomes das fileiras do PSDB.

Covas luta para manter em dia as contas públicas ao mesmo tempo que é pressionado para dar aumento de tarifa de urbana. São Paulo enfrenta os efeitos da crise econômica com austeridade. Entretanto o maior desafio do prefeito que é candidato à reeleição em 2020, são os nomes que fazem parte de seu partido e que estão metidos em escândalos de corrupção.

O prefeito garante que está envergonhado de participar de uma sigla onde tem o deputado federal Aécio Neves como representante na Câmara dos Deputados. Covas admite que a conduta política de alguns membros do PSDB contribuiu para beneficiar adversários. Os escândalos de corrupção e os envolvidos de certa forma são associados aos nomes que estão na disputa eleitoral.




Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!