MEC assume que errou notas do ENEM. A coisa está feia!

Imagem
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, admitiu neste sábado 18/I que notas do Enem foram divulgadas com erros.
"Encontramos inconsistências na contabilização e correção da segunda prova do Enem", disse ele em vídeo publicado nas redes sociais.
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inpe) liberou na véspera os resultados do exame. Imediatamente, candidatos relataram nas redes seu estranhamento com as notas.
Na manhã deste sábado, a União Nacional dos Estudantes (UNE) comentou a confissão do ministro:

ATENÇÃO!! MEC reconhece #erronoenem

Pentágono mente. Mas quem se importa com isso?

O Pentágono admite que não tem provas sobre o envolvimento do general iraniano Qassem Soleimani com atos de terrorismo e o suposto plano para explodir a embaixada americana em Bagdá. Soleimani foi morto por ordem do presidente Donald Trump na última semana após sua comitiva ser interceptada por um ataque de drones.

Trump havia declarado que estaria de posse de informações confidenciais sobre um plano terrorista para destruir a embaixada americana. O presidente americano ainda não se posicionou sobre a última declaração das autoridades do Pentágono.

O Irã reagiu bombardeando duas unidades militares americanas em solo iraquiano.No final de semana novos ataques de mísseis foram registrados no Iraque. A autoridade palestina atribuiu ao Irã os danos causados no último contra-golpe.

Até agora a ONU ainda não emitiu nenhuma nota sobre o posicionamento contraditório dos EUA em relação ao assassinato do militar iraniano. 

(com informações do UOL)


Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!