Havan começa demitir. Estava tudo ok?

Imagem
A inauguração da Havan em Santa Cruz do Sul completa quatro meses nesta sexta-feira, 21. Depois da euforia da chegada da rede catarinense, pessoas que foram contratadas para trabalhar no local reclamam de demissões em massa. A situação teria começado logo após a virada do ano.

Uma das ex-funcionárias afirma que a alegação da gerência da loja envolve corte de custos em função de metas que não foram atingidas. “Eu trabalhava em outro local e pedi demissão para ir para a Havan. Fui selecionada, recebi treinamento e estive na abertura. Estava tudo bem mas no dia dois de janeiro acabei demitida”, afirma a jovem que pediu para não ser identificada.
Outro ex-funcionário da empresa, que também solicitou anonimato, alerta que as metas aumentaram depois da inauguração. “Antes era tudo uma maravilha mas depois parece que estabelecem metas para que elas não sejam atingidas”, reclama. Ele acabou demitido no dia 17 de fevereiro, justamente quando completou 90 dias de contrato. O jovem ainda alega q…

Lula e a surdez

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva realizou nesta semana uma bateria de exames clínicos para checar suas condições de saúde. Na análise ficou constatado que o ex-presidente está com grande perda auditiva. Lula terá que utilizar aparelho nos dois ouvidos, se quiser escutar direito.

A recomendação médica é para que Lula passe a usar os aparelhos de forma contínua. Lula percebeu que sua audição apresentação problemas. O ex-presidente tem participado de reuniões e algumas pessoas precisam aumentar o tom para que sejam correspondidas.

O petista tem manifestado que começará várias reuniões e encontros com partidários interessados na próxima disputa eleitoral. O Partido dos Trabalhadores planeja ganhar o máximo de prefeituras para estruturar a ação do partido para 2022.




Comentários

MAIS LIDAS

Deputados negociam para votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!