OMS emite alerta ao mundo

Imagem
“Temos que fazer todo o possível para nos prepararmos para uma potencial pandemia.” O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, assumiu nesta segunda-feira que muito provavelmente o que hoje é uma epidemia, o Covid-19 ou coronavírus de Wuhan, transforme-se em algo maior. “Não podemos paralisar o mundo, e não é realista dizer que é possível parar a transmissão entre os países. Provavelmente haverá epidemias em vários, mas pode ser contida”, afirmou Michael Ryan, diretor do Programa de Emergências do organismo internacional.
O cenário mudou rapidamente em poucos dias. Passou-se de uma situação em que se observava como os casos na China pareciam ser contidos e como no resto do mundo as infecções eram muito escassas a outra com surtos descontrolados na Itália, na Coreia do Norte e no Irã. Ghebreyesus ressaltou que os surtos podem ser contidos e que o cenário continua sendo de epidemia, tanto pelo número de casos como de mortes fora da China. Ao mesmo…

Igreja Presbiteriana se manifesta contra partido de Jair Bolsonaro

A cúpula da Igreja Presbiteriana do Brasil, a décima maior denominação protestante do país, com cerca de 750 mil membros distribuídos em mais de 5 068 igrejas locais e congregações, publicou uma nota rechaçando a postura do Pastor e bolsonarista Filipe Barros (PSL-PR), aliado de Bolsonaro, que usou os fiéis para coletar assinaturas para criação do partido de Jair Bolsonaro, o “Aliança pelo Brasil"

A nota diz que "não é apolítica" e tem um compromisso histórico com a democracia, mas afirmou que "em nenhum momento apresentou ou apresenta apoio a qualquer partido político."

"Em resolução de sua reunião ordinária em 1990, o Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil orienta seus concílios em geral que evitem apoio ostensivo a partidos políticos e que as igrejas não cedam seus templos ou locais de culto a Deus para debates ou apresentações de cunho político", diz a nota.


Comentários

MAIS LIDAS

Deputados negociam para votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!