Trump mandará brasileiros ilegais para prisões em outros países

Imagem
O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos (DHS) cogita enviar imigrantes brasileiros que cruzam a fronteira do México de volta ao território mexicano enquanto aguardam audiência em tribunais norte-americanos, de acordo com uma autoridades EUA e uma autoridade mexicana a par das conversas.
As deliberações são uma reação ao aumento do número de brasileiros chegando à divisa entre EUA e México para pedir asilo a Washington, disseram as autoridades. O governo do presidente Donald Trump também estuda a possibilidade de enviar brasileiros postulantes a asilo a outras nações, segundo o funcionário norte-americano.
Trump, que busca a reeleição em novembro, fez da imigração um dos argumentos centrais de seu discurso ao eleitores. Durante seu governo, ele criticou os postulantes a asilo e argumentou que a maior parte dos imigrantes que chegam à fronteira carecem de uma justificativa válida para pedir proteção.
(com informações de Reuters)

Correios preparam a maior de todas as greves

A Postal Saúde, operadora de planos de saúde responsável pelos trabalhadores dos Correios, empossou o General José Orlando Cardoso como presidente da empresa. Medida vem em meio à ameaça de greve por parte dos servidores como resposta ao aumento nos custos dos planos. A tensão na estatal também se intensificou nos últimos meses por conta da ameaça crescente de privatização, proposta pelo presidente Jair Bolsonaro e seu ministro da Economia, Paulo Guedes.


A chegada do general, no lugar de um funcionário da área, acontece no momento em que os trabalhadores questionam e criticam a eliminação da obrigatoriedade de profissionais com perfil técnico na diretoria, de acordo com a Adcap, associação dos funcionários. A Postal, no entanto, alega que a remuneração da diretoria, criticada por sindicatos, tem valores compatíveis com as operadoras do mercado de saúde.

A estimativa é que cerca de 40 mil servidores percam o emprego com a privatização dos Correios. Até então, no entanto, Bolsonaro não apresentou um plano sobre o que fazer com o contingente de desempregados que vai se formar com a venda da estatal.

(com informações de portal Terra)



Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!