Trump mandará brasileiros ilegais para prisões em outros países

Imagem
O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos (DHS) cogita enviar imigrantes brasileiros que cruzam a fronteira do México de volta ao território mexicano enquanto aguardam audiência em tribunais norte-americanos, de acordo com uma autoridades EUA e uma autoridade mexicana a par das conversas.
As deliberações são uma reação ao aumento do número de brasileiros chegando à divisa entre EUA e México para pedir asilo a Washington, disseram as autoridades. O governo do presidente Donald Trump também estuda a possibilidade de enviar brasileiros postulantes a asilo a outras nações, segundo o funcionário norte-americano.
Trump, que busca a reeleição em novembro, fez da imigração um dos argumentos centrais de seu discurso ao eleitores. Durante seu governo, ele criticou os postulantes a asilo e argumentou que a maior parte dos imigrantes que chegam à fronteira carecem de uma justificativa válida para pedir proteção.
(com informações de Reuters)

Cardeal adverte sobre pressão do Vaticano por um governo mundial

O apelo do Papa Francisco por um pacto educacional global no Vaticano em maio de 2020 é potencialmente um evento para promover um governo mundial, alerta um cardeal tradicionalista.

O cardeal Raymond Burke, ex-prefeito da Assinatura Apostólica, também está exorcizando o motivo de "conversão ecológica" do Sínodo Amazônico como um subterfúgio maçônico para promover um governo mundial e o jargão da "conversão sinodal" nos sínodos da Amazônia e da Alemanha. um engano para protestantizar a Igreja Católica. 

O prelado franco está pedindo mais apostolados leigos ortodoxos que possam defender o catolicismo por causa de "uma tremenda disseminação de confusão e erro na Igreja" e do silêncio de muitos bispos. 

Burke disse ao The Wanderer em uma coluna de 26 de dezembro que uma regra de mundo único é a "idéia de pessoas completamente secularizadas que não reconhecem mais que a governança do mundo está nas mãos de Deus, que a confia a governos, nações, e agrupamentos de pessoas de acordo com a própria natureza ", comparando-a com a Torre de Babel.

O professor Yoram Hazony, autor de A virtude do nacionalismo , afirmou os comentários de Burke, dizendo ao Church Militant: "A Escritura Hebraica é totalmente hostil à idéia do império mundial, vendo-a como usurpando o lugar de Deus. Cristãos que não abandonaram o Antigo Testamento entenda isso bem. Uma visão bíblica do mundo é aquela que visualiza um mundo de nações independentes, cada uma se aproximando de Deus de acordo com sua própria herança ".

(com informações do site The Wanderer)


Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!