MEC assume que errou notas do ENEM. A coisa está feia!

Imagem
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, admitiu neste sábado 18/I que notas do Enem foram divulgadas com erros.
"Encontramos inconsistências na contabilização e correção da segunda prova do Enem", disse ele em vídeo publicado nas redes sociais.
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inpe) liberou na véspera os resultados do exame. Imediatamente, candidatos relataram nas redes seu estranhamento com as notas.
Na manhã deste sábado, a União Nacional dos Estudantes (UNE) comentou a confissão do ministro:

ATENÇÃO!! MEC reconhece #erronoenem

Bolsonaro faz piada com Joice e Kim Kataguiri

O presidente da República fez a sua tradicional live de quinta-feira (9). Nesta semana, entre os assuntos tratados por Jair Bolsonaro, esteve o fundão eleitoral. Para defender à sanção que pretende dar ao fundo de R$ 2 bi votado pelo Congresso, o mandatário atacou dois deputados de São Paulo que têm criticado a provável e já publicizada sanção presidencial. Joice Hasselmann foi chamada de "fofucha" e Kim Kataguiri de "japonesinho pitoco".

Bolsonaro disse que não iria citar o nome de ninguém mas que existe "uma deputada fofucha de São Paulo e outro deputado também meio japonesinho" que o estão criticando nas redes sociais. "Se estivessem fazendo coisas boas a primeira estaria mais magra e o segundo estaria menos pitoco de sem vergonha... Eu acho que mentir engorda, mentir engorda", disse Bolsonaro.

Joice e Kim têm criticado o presidente constantemente desde que o mandatário assumiu que pretendia sancionar o fundão. Bolsonaro, por sua vez, diz que fará isso por medo de impeachment, por atentar contra as eleições. Joice e Kim contestam esta informação, uma vez que a Constituição prevê ao presidente a possibilidade de sancionar ou vetar projetos aprovados pelo Congresso.

(com informações do site Congresso em Foco)




Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!