Trump mandará brasileiros ilegais para prisões em outros países

Imagem
O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos (DHS) cogita enviar imigrantes brasileiros que cruzam a fronteira do México de volta ao território mexicano enquanto aguardam audiência em tribunais norte-americanos, de acordo com uma autoridades EUA e uma autoridade mexicana a par das conversas.
As deliberações são uma reação ao aumento do número de brasileiros chegando à divisa entre EUA e México para pedir asilo a Washington, disseram as autoridades. O governo do presidente Donald Trump também estuda a possibilidade de enviar brasileiros postulantes a asilo a outras nações, segundo o funcionário norte-americano.
Trump, que busca a reeleição em novembro, fez da imigração um dos argumentos centrais de seu discurso ao eleitores. Durante seu governo, ele criticou os postulantes a asilo e argumentou que a maior parte dos imigrantes que chegam à fronteira carecem de uma justificativa válida para pedir proteção.
(com informações de Reuters)

Avon associa sua imagem a Ludmilla acusada de fazer apologia às drogas

Após a repercussão da música “Verdinha”, a cantora Ludmilla se envolveu em mais uma polêmica, mas desta vez teve relação com a marca de cosméticos Avon. Segundo o Notícias da TV, A empresa foi acusada por consumidores e revendedores, de apologias as drogas depois de ter contratado a funkeira como garota-propaganda.

A marca está realizando uma promoção em que o consumidor pode ganhar maletas de maquiagens, kits de make e ingressos para um show da cantora com tudo pago. Porém, muitas pessoas nos comentários. Em publicação em seu Instagram oficial.

“Existem mulheres muito mais bonitas e dignas de estampar a marca Avon. Talvez, ela represente algumas mulheres, mas a mim, minhas irmãs, minha filha, minha sobrinha e mãe, jamais. A música dela é um lixo”, alegou uma. “Gosto dos produtos da Avon, mas não comprarei nada daqui para frente. Uma empresa colocar uma pessoa que faz apologia às drogas. Estou fora”, escreveu outra.

A Avon respondeu o questionamento. “Sinto muito que não tenha se sentido representada. Acredito que minha amiga Ludmilla representa a parcela de mulheres que lutam de forma honesta e digna para serem livres, e a beleza que é a sua cara mora aí”.

(com informações de Notícias da TVUol)


Comentários

Postar um comentário

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!