"Imprecionante": O INEP está infectado pelo analfabetismo do governo

Imagem
Depois que o ministro Weintraub, da Educação, escreveu "imprecionante" em sua conta oficial no Twitter vários erros gravíssimos foram detectados em postagens relacionadas a pasta. Alunos que prestaram o Enem acusam que há erros básicos na prova de redação. O caso está sob investigação.
Mais uma falha gravíssima surgiu nas redes sociais. Desta vez quem cometeu a barbárie foi a conta do INEP, órgão responsável pela aplicação do ENEM.
A conta do Inep, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, no Twitter cometeu um erro de português na sexta-feira, dia 17.
“Já são mais de 2,5 milhões de vizualizações (sic) das notas do Enem”, escreveu algum semianalfabeto de um governo de apedeutas.
Após a repercussão, a mensagem foi apagada.

Sérgio Moro é favorito sem Jair Bolsonaro

O ministro Sérgio Moro descarta qualquer possibilidade em disputar eleições para o cargo de Presidente da República numa eventual eleição antes do tempo. Há rumores nos bastidores que em 2020 o presidente Jair Bolsonaro possa sofrer pressões pelo impeachment.

Moro que um dia declarou que jamais ocuparia um cargo político, não resistiu ao convite para ocupar a pasta de Ministro da Justiça. O ex-juiz da Lava Jato enfrenta dentro do próprio governo algumas resistências em relação aos projetos encaminhados. Praticamente todos foram modificados na essência numa demonstração que não há apoio do Palácio, apesar de o presidente negar essa conversa.

Numa eventual eleição antecipada, o ministro Sérgio Moro ganha fôlego como candidato preferido de boa parte do eleitorado que atualmente confia no presidente Jair Bolsonaro. O capital político do presidente ainda é forte, de acordo com as pesquisas, porém numa separação de forças o ex-ministro sairia mais fortalecido.

O Ministro da Justiça nega qualquer projeção política e muito menos uma disputa com Jair Bolsonaro.

A possibilidade do impeachment do presidente não é descartada. O mais experientes políticos brasileiros falam sobre o tema e afirmam que sozinho, sem apoio da base, o presidente fica completamente vulnerável.


Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!