MEC assume que errou notas do ENEM. A coisa está feia!

Imagem
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, admitiu neste sábado 18/I que notas do Enem foram divulgadas com erros.
"Encontramos inconsistências na contabilização e correção da segunda prova do Enem", disse ele em vídeo publicado nas redes sociais.
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inpe) liberou na véspera os resultados do exame. Imediatamente, candidatos relataram nas redes seu estranhamento com as notas.
Na manhã deste sábado, a União Nacional dos Estudantes (UNE) comentou a confissão do ministro:

ATENÇÃO!! MEC reconhece #erronoenem

Justiça quebra sigilo telefônico de ex-assessores e pessoas ligadas à família Bolsonaro

A operação de busca e apreensão deflagrada na manhã desta quarta-feira (18) com a presença de policiais e membros do Ministério Público do Rio de Janeiro ainda está em curso. São cumpridos diversos mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro e outros municípios.

Os ex-assessores que participaram do gabinete de Flávio Bolsonaro e demais pessoas ligadas à família Bolsonaro, incluindo o ex-assessor Fabrício Queiroz tiveram seus sigilos telefônicos e telemáticos quebrados por determinação da Justiça. Todas as conversas e mensagens trocadas nos últimos anos entre eles e com terceiros estarão sendo acessadas pela polícia e Ministério Público.

No mandado de busca e apreensão, expedido em 17 de dezembro, o juiz Flávio Itabaiana de Oliveira Nicolau, da 27ª Vara Criminal do Rio, autorizou o Ministério Público a ter “acesso a extração de qualquer conteúdo armazenado nos materiais apreendidos, inclusive registros de diálogos telefônicos ou telemáticos, como mensagens SMS ou de aplicativos WhatsApp”.

Com acesso a esse material, o Ministério Público poderá analisar todas as mensagens trocadas por ex-assessores de Flávio Bolsonaro nos últimos anos. A expectativa é que esse material ajude a elucidar as suspeitas envolvendo um esquema de “rachadinha” no gabinete do filho mais velho do presidente à época em que era deputado estadual no Rio de Janeiro.


Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!