MEC assume que errou notas do ENEM. A coisa está feia!

Imagem
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, admitiu neste sábado 18/I que notas do Enem foram divulgadas com erros.
"Encontramos inconsistências na contabilização e correção da segunda prova do Enem", disse ele em vídeo publicado nas redes sociais.
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inpe) liberou na véspera os resultados do exame. Imediatamente, candidatos relataram nas redes seu estranhamento com as notas.
Na manhã deste sábado, a União Nacional dos Estudantes (UNE) comentou a confissão do ministro:

ATENÇÃO!! MEC reconhece #erronoenem

Fracasso: caminhoneiros prometem mas não entregam

O grupo que organizou a paralisação dos caminhoneiros em todo Brasil prevista para iniciar às 05:00 horas nesta segunda-feira (16), não manteve a força da mesma greve que quase derrubou o governo em 2018.

As principais rodovias continuam com fluxo normal e diversos caminhoneiros avisaram que não aderiram ao chamado de paralisação. Um dos fatores que pode ter contribuído para desmotivar a classe foi a reunião entre lideranças dos motoristas com sindicalistas ligados ao Partido dos Trabalhadores.

O preço do diesel pode sofrer novo aumento ainda nesta semana, conforme anunciado pela Petrobras.

Ainda não há nenhum sinal de que a paralisação ocorra nesta segunda-feira (16).


Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!