Fuga em massa do PCC coloca militares em alerta

Imagem
Setenta e cinco membros do Primeiro Comando da Capital (PCC) fugiram da prisão em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Eles escaparam neste domingo (19), provavelmente por um túnel subterrâneo que ligava um dos pavilhões à área externa da prisão.
A facção brasileira tem forte atuação no Paraguai, devido a tráfico de drogas. De acordo com a imprensa do país, foi encontrado um túnel que ligava um dos pavilhões, voltados a presos da facção criminosa brasileira, à área externa da prisão.
O governo paraguai, no entanto, considera que parte dos criminosos possa ter fugido durante a semana sem usar o túnel. Os responsáveis pela prisão já foram afastados.
"Foi encontrado um túnel e acreditamos que esse túnel foi um recurso enganoso para legitimar ou maquiar a liberação dos presos. Há cumplicidade com as pessoas de dentro da prisão e esse é um fenômeno que acontece em todas as penitenciárias", afirmou o ministro do Interior do país, Euclides Acevedo, em nota publicada em site do govern…

Caminhoneiros prometem parar o Natal. Petrobras anuncia mais aumento no preço do diesel

Os caminhoneiros reuniram no Rio de Janeiro na última semana com representantes de outros setores e entidades de classe. A ideia é formar uma frente única em prol do trabalhador e contra as medidas anti-econômicas do Governo Federal que vem desacelerando ainda mais a economia. 

Lideranças de caminhoneiros autônomos, empresários do setor de transporte de cargas, donos de vans, mototaxistas e líderes até da CUT - Central Única dos Trabalhadores - prometem paralisar as principais rodovias do Brasil nos dias 15 e 16 de dezembro com possibilidade de extensão por mais 10 dias, até o dia 26 de dezembro.

A paralisação pode escrever outra história na democracia brasileira. No última vez que os caminhoneiros realizaram uma greve quase conseguiram derrubar o governo Michel Temer. Foram de dias sem nenhum transporte de cargas o que deixou portos, aeroportos e terminais rodoviários fechados. Postos de combustíveis e comércios ficaram desabastecidos.

O governo monitora articuladores da mobilização nas redes sociais.


Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!