"Imprecionante": O INEP está infectado pelo analfabetismo do governo

Imagem
Depois que o ministro Weintraub, da Educação, escreveu "imprecionante" em sua conta oficial no Twitter vários erros gravíssimos foram detectados em postagens relacionadas a pasta. Alunos que prestaram o Enem acusam que há erros básicos na prova de redação. O caso está sob investigação.
Mais uma falha gravíssima surgiu nas redes sociais. Desta vez quem cometeu a barbárie foi a conta do INEP, órgão responsável pela aplicação do ENEM.
A conta do Inep, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, no Twitter cometeu um erro de português na sexta-feira, dia 17.
“Já são mais de 2,5 milhões de vizualizações (sic) das notas do Enem”, escreveu algum semianalfabeto de um governo de apedeutas.
Após a repercussão, a mensagem foi apagada.

Bolsonaro afirma que sofre risco de impeachment. Saiba o motivo

O presidente Jair Bolsonaro fez sua live na noite de ontem (19) ocasião que abordou vários temas, o principal deles foi o que ele considera como "armação", que seria a investida do Ministério Público do Rio de Janeiro contra seu filho Flávio Bolsonaro. Entretanto, o presidente aproveitou a tensão do momento para esclarecer sobre o risco de impeachment.

Nesta semana a Câmara dos Deputados votou e aprovou a liberação de recursos públicos da ordem de R$ 2 bilhões para gastos com campanhas eleitorais em 2020 para prefeitos em vereadores. Os partidos queriam R$ 3,8 bilhões, porém após discussões e muito debate o valor caiu, porém mesmos assim é considerado alto.

Bolsonaro disse ser a favor de vetar o uso de dinheiro público nas eleições de 2020, mas recebeu orientação de sua equipe jurídica de que poderia sofrer pressão de parlamentares e até abertura de processo de impeachment. O presidente considera que nesse momento qualquer desgaste com a Câmara dos Deputados afetaria diretamente a relação entre o Palácio da Alvorada e o Congresso.




Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!