Bolsonaro e Crivella discursam juntos: "Temos um governo que teme a Deus"

Imagem
Ao lado do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, Jair Bolsonaro discursou neste sábado na formatura de 205 aspirantes da Marinha. Ele disse que o Brasil está mudando para melhor e deixou ainda mais clara a tendência religiosa de seu governo.
"Hoje, temos um governo que valoriza a família, honra os militares e adora a Deus", afirmou.
O evento foi muito aplaudido e contou com a presença de várias autoridades políticas e religiosas de todo Estado.
Bolsonaro reafirmou que o Brasil durante seu governo não descansará na luta pela democracia.

Bailes funk: Jair Bolsonaro quer tomar medidas sérias

O episódio trágico em Paraisópolis, São Paulo, ocorrido no último final de semana fez a cúpula do governo questionar sobre a legalidade dos bailes funks que são realizados nas comunidades em vários estados brasileiros. Rio e São Paulo são palcos de várias aglomerações onde jovens aproveitam para consumirem drogas.

O deputado federal Marco Feliciano quer entrar com Projeto de Lei para regulamentar a realização desse tipo de evento em território nacional. O parlamentar defende que para que haja um evento do porte de um baile funk é necessário que as normas de segurança sejam atendidas.

É comum a ocorrência de brigas, furtos, desrespeito à lei do silêncio e até troca de tiros entre participantes que se misturam em meio às facções infiltradas nas festas.

A Polícia Militar geralmente é acionada pelos próprios moradores que surpreendidos com a aglomeração de carros e pessoas, acabam sendo incomodados em sua hora de descanso. Praças e ruas são completamente ocupados pelos grupos. 

O presidente Jair Bolsonaro manifestou solidariedade com as famílias dos mortos do baile funk em Paraisópolis, porém deixou claro que essas manifestações culturais precisam de regulamentação e ordem.

Você defende a ideia que esses bailes sejam extintos ou regularizados?


Comentários

  1. Extintos, é a mentalização da criminalidade livre promovida pelo funk, o fim e cadeia pra quem tentar impor a desordem desse movimento vazio e sem causa cultural.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência