Rodrigo Maia recebe envelope com fezes

Imagem
O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), recebeu em seu gabinete como parlamentar, localizado no Anexo IV da Casa, um envelope contendo detritos fecais, há cerca de dez dias. O caso do envelope com fezes está sendo investigado pela Polícia Legislativa da Câmara.
Segundo rumores, o próprio Maia contou a amigos sobre o envelope e pediu que o caso fosse investigado. A informação é que o envelope foi aberto por uma funcionária do gabinete.
Outros deputados teriam recebido envelopes semelhantes em seus gabinetes. Na ocorrência, a Polícia identificou um remetente falso e registrou o conteúdo como “fezes”.

Salário de professor equivale ao Ticket Alimentação de juízes

Deputado Majeski afirma que os professores têm pouco o que comemorar.

Na Assembleia o deputado, Majeski, comunicou que somente o ticket alimentação de membros do Poder Judiciário e do Tribunal de Contas é R$ 2.200.

Majeski questionou: “O município que melhor paga basicamente o salário é um ticket dos juízes. Onde pode haver valorização da educação dessa forma?”.

O deputado também argumentou que a carreira dos municípios como também estaduais são pouco viável para a carreira do magistério.

Ele lamentou que , “Entra ganhando R$ 1.500 e depois de 25 ou 30 anos talvez chegue a R$ 2 mil. É um plano de carreira vergonhoso. Lembrando que os professores trabalham em salas superlotadas, sem ar-condicionado, sem estrutura. Cansei de visitar escolas onde diretores e professores tiram dinheiro do bolso para comprar material. É assim nas redes municipais e no Estado”.

Levando em consideração a fala do deputado sobre a realidade dos professores, começamos a perceber o disparate entre as classes dos profissionais. A desvalorização dos educadores começa quando eles percebem que seu salário é pouco para suprir suas necessidades básicas. Quem vai resolver os inúmeros problemas que o Professor enfrenta?


(Matéria de: Folha independente)


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência