Angola antecipa pagamento e quita empréstimo com Brasil. E agora?

Imagem
Os empréstimos brasileiros concedidos via BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para os países africanos geraram polêmicas durante o período pré-eleitoral e eleitoral. Vários candidatos utilizaram do argumento para plataforma política e até acusações consideradas infundadas sobre lavagem de dinheiro.
Nesta segunda-feira (9) o Ministério da Economia divulgou nota onde afirma que Angola antecipou o pagamento de todas as parcelas do empréstimo adquirido via BNDES com o Brasil. O dinheiro foi repassado através de parceria entre o governo angolano, a iniciativa privada e o governo brasileiro. 
Angola honrou o compromisso e não deve mais nenhum centavo ao Brasil. Vale ressaltar que o empréstimo rendeu juros aos cofres públicos possibilitando o aumento da receita.

Pesquisadora lança alerta sobre movimentos violentos no Brasil

“Hoje, vivemos o que considero um tsunami do movimento da direita”, diz a antropóloga Adriana Abreu Magalhães Dias que está preparando um livro abordando grupos neonazistas brasileiros. Ela, fruto de um movimento quase incidental, acabou sendo reconhecida como a maior especialista em movimentos neonazistas no Brasil e diz que as redes sociais criaram as condições favoráveis para a proliferação desses extremistas. “Não é caso de alarmismo. É de alarme”, fala ao entender que com o ressurgimento da extrema-direita a sociedade brasileira está aberta aos discursos de ódio. Todos, segundo ela, “estão podendo falar do assunto com certa tranquilidade”.

De acordo com o mapeamento de Adriana, já são 334 células neonazistas em atividade no país divididas em diversas tendências, atuando em grupos que variam de três a 25 pessoas.

A pesquisadora registra que já começam a surgir células no Centro-Oeste, seis em Goiás, três em Mato Grosso e uma em Mato Grosso do Sul. Ela aponta que as células reúnem entre quatro e cinco mil pessoas, mas que cerca de 500 mil leem material neonazista no país.

Concentrações inicialmente localizadas no Sul e Sudeste fornecem apoio e material para disseminação das ideias.


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência