Deputado sofre atentado

Imagem
O deputado federal Loester Trutis, do PSL de Mato Grosso do Sul, disse em suas redes sociais que ele e sua equipe foram alvos de um atentado na manhã deste domingo.
Segundo a publicação, o parlamentar seguia de Campo Grande para Sidrolândia quando o carro em que estava foi alvejado por pelo menos 5 disparos.
“O deputado conseguiu revidar o ataque. Apesar da emboscada, todos estão bem e sem ferimentos”, diz a postagem.

Nota do WhatsApp: banimento de contas no Brasil

O WhatsApp informou que baniu mais de 400 mil contas no país durante a campanha eleitoral do ano passado. Em ofício enviado à CPI das Fake News, a empresa disse que os usuários foram derrubados por violarem os termos de uso, o que inclui o disparo de mensagens de maneira automatizada. No documento, o WhatsApp salienta que a análise não levou em conta o conteúdo do que foi enviado, já que o serviço de mensagens é criptografado.

“O WhatsApp proíbe expressamente o uso de qualquer aplicativo ou robô para enviar mensagens em massa ou para criar contas ou grupos de maneiras não autorizadas ou automatizadas”, afirmou a empresa.

As contas foram retiradas do ar entre os dias 15 de agosto, início oficial da campanha, e 28 de outubro, data do segundo turno. O documento foi enviado em resposta a um requerimento do presidente da CPI, o senador Ângelo Coronel (PSD-BA).

Do Globo.


Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!