Angola antecipa pagamento e quita empréstimo com Brasil. E agora?

Imagem
Os empréstimos brasileiros concedidos via BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para os países africanos geraram polêmicas durante o período pré-eleitoral e eleitoral. Vários candidatos utilizaram do argumento para plataforma política e até acusações consideradas infundadas sobre lavagem de dinheiro.
Nesta segunda-feira (9) o Ministério da Economia divulgou nota onde afirma que Angola antecipou o pagamento de todas as parcelas do empréstimo adquirido via BNDES com o Brasil. O dinheiro foi repassado através de parceria entre o governo angolano, a iniciativa privada e o governo brasileiro. 
Angola honrou o compromisso e não deve mais nenhum centavo ao Brasil. Vale ressaltar que o empréstimo rendeu juros aos cofres públicos possibilitando o aumento da receita.

A história dessa foto é verdadeira?

A foto do ex-presidente Lula e da ex-presidente Dilma Rousseff ao lado de José Sarney, Fernando Henrique Cardoso e Collor de Mello tem deixado muita gente nas redes sociais com a pulga atrás da orelha.

No primeiro momento a ideia que passa é que eles não são adversários políticos e compartilham dos mesmos projetos. Afinal, cada um dos presentes nessa imagem não perdeu a oportunidade para tecer duras críticas sobre o comportamento político do outro.

O que muita gente desconfia é que essa foto seja uma montagem. Não é. É verdadeira!

A história desse encontro

O encontro aconteceu no avião presidencial quando os ex-presidentes brasileiros foram participar do funeral de um dos maiores nomes desse mundo, o líder Nelson Mandela. O registro foi feito em 2013 no dia 10 de dezembro.

Quem publicou pela primeira vez a foto foi o ex-presidente Fernando Collor de Mello, em sua conta oficial no Twitter.

A imagem é muito utilizada nas redes sociais para provocar a curiosidade política de quem milita por questões ideológicas.

O que você acha disso?


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência