Pastor admite estupro de menor mas culpa o demônio

Imagem
O pastor de uma igreja na cidade de Gaithersburg, no estado de Maryland (EUA), foi preso nesta quarta-feira (25) após ser acusado de uma tentativa de estupro por uma menina que frequentava o local. Ao ser questionado sobre o abuso, ele afirmou que foi levado a atacar a vítima por 'demônios internos'.
Segundo informações da rede de TV norte-americana NBC, o home, identificado como Octavio Cantarero, de 42 anos, é pastor na Igreja Pentecostal Príncipe da Paz e teria invadido o quarto da jovem, que não teve a idade revelada, enquanto ela dormia.
No depoimento, a vítima afirmou que acordou com Cantarero já em cima dela, mas que conseguiu lutar com ele e fugir do quarto. Após a tentativa de estupro, ele teria tentado abafar o caso e silenciar a garota com alguns presentes, além de prometer que a colocaria em uma escola e até pagaria o aluguel de uma residência, caso ela quisesse se mudar.
Ainda de acordo com a publicação, a menina vivia em um dos quartos da igreja desde o último di…

Juíza já está ameaçando. O nome dela nem apareceu mas já está se defendendo

Os vazamentos de mensagens criminosas trocadas entre o juiz Sérgio Moro e a equipe da Lava Jato ainda promete dar muita dor de cabeça para os envolvidos. Os conteúdos explícitos até o momento são de interesse público pois envolve o que seria a maior operação de combate à corrupção no Brasil.

Hoje a juíza Gabriela Hardtz deu declarações ameaçadoras sobre a possibilidade de vazamento de mensagens envolvendo a sua pessoa. Analistas avaliaram as declarações da magistrada como péssimo sinal. Se vazar conteúdo sobre a atuação da juíza no âmbito da Lava Jato a crise será ainda mais agravada.

Nas redes sociais os internautas avaliam o recado da juíza como sinal de condenação e culpa.

Apesar da ameaça da juíza que afirmou que irá processar criminalmente os vazadores, não há meio de impedir que as mensagens sejam apresentadas.

Jornais no mundo inteiro estão interessados nos conteúdos do InterceptBrasil e darão visibilidade as mensagens envolvendo o ex-juiz Sérgio Moro e membros do Ministério Público Federal.


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência