Vereador do PSOL homenageia ditador coreano

Imagem
O vereador Leonel Brizola Neto (PSOL-RJ) apresentou uma “Moção de Louvor e Reconhecimento” na Câmara Municipal do Rio de Janeiro para homenagear o ditador norte-coreano Kim Jong-un. De acordo com o jornal O Globo, a moção foi apresentada no último dia 29.
“Por todo esforço de seu povo e de seu máximo dirigente, excelentíssimo senhor Kim Jong-un, na luta pela reunificação da Coreia e a necessária busca da paz mundial”, diz o documento, que foi entregue para Kim Chol-hok, embaixador do Coreia do Norte no Brasil.
É o fim!
Brizola deve estar revoltado na sepultura!



Jean Wyllys provoca Carlos Bolsonaro: "Poderia ser uma bicha honrada"

O ex-deputado federal Jean Wyllys. que deixou o Brasil no início do ano ao relatar supostas ameaças de morte , foi as redes sociais para provocar o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ). Em uma postagem, o ex-parlamentar insinuou que o segundo filho do presidente Jair Bolsonaro seria homossexual.


"O filho do presidente teve todas as chances e meios de enfrentar a homofobia do pai e ser uma bicha como eu sou - orgulhosa de mim, inteligente, ativista e honrada, disposta a lutar por justiça social - mas optou por ser essa vergonhosa fábrica de fake news homofóbicas", escreveu Jean Wyllys .

"Se essa bicha travada num armário vivesse sua homossexualidade com vergonha mas sem fazer danos à reputação de ninguém em função desta, eu jamais iria me referir à sua orientação sexual vivida com culpa e medo. Deixaria ela lá em seu armário, destruindo-se por dentro", continuou o ex-parlamentar, que é filiado ao PSOL.

Carlos Bolsonaro não atendeu nosso contato para falar sobre a declaração.







Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência