TSE cassa mandato da juíza Selma

Imagem
Por 6 votos a 1, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, nesta terça-feira 10, cassar o mandato da senadora Selma Arruda (Podemos-MT), conhecida como “Moro de saias” por abuso de poder econômico e caixa dois nas eleições do ano passado. Conhecida como Juíza Selma, a parlamentar aposentou-se da magistratura e concorreu ao cargo pelo PSL.
Com a decisão, novas eleições para o cargo deverão ser convocadas pela Justiça Eleitoral de Mato Grosso, cuja data ainda será definida. A cassação também atinge o primeiro e o segundo suplentes, Gilberto Possamai e Clerie Fabiana. A parlamentar pode recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar suspender a cassação.

Jair Bolsonaro coloca mais um general pra rua

O que está ocorrendo no governo Jair Bolsonaro com as demissões de generais é reflexo das pesadíssimas denúncias de corrupção que ainda serão divulgadas pelo InterceptBrasil. Fontes informam que as conversas que serão reveladas demonstram um gigantesco esquema envolvendo autoridades brasileiras com a CIA.

Nesta sexta-feira (14) o presidente demitiu mais um general. Desta vez quem deixa o governo de forma vergonhosa foi o militar Juarez Aparecido de Paula Cunha. O general estava à frente dos Correios por indicação do próprio presidente.

Haverá mais demissões e o governo começa sinalizar que está sem projeto para o país. A ala mais conservadora do PSL anda preocupada com as demissões e teme que o partido possa sofrer uma debandada.


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência