Donald Trump ataca Greta Thunberg: "Ridícula"

Imagem
Ontem foi Jair Bolsonaro, hoje foi a vez do presidente americano Donald Trump. Indignado com a edição da revista que publicou a foto da ativista ambiental Greta Thunberg na condição de personalidade do ano de 2019, o presidente Trump se mostrou irritado.
No gabinete o presidente dos EUA recebeu a notícia da nomeação de Greta como a maior personalidade do ano pela revista TIME. Logo, Trump chamou os jornalistas e disparou: "Ridículo!".
Em tom de áspero e de ironia o líder americano tratou em desqualificar a reportagem considerando que Greta é apenas uma menina que presta um serviço para quem tem interesse na crise do clima.
Será que Greta Thunberg colocará "ridícula" na sua conta oficial no Twitter?

Deputada passa vergonha ao questionar o jornalista Glenn Greenwald

O jornalista Glenn Greenwald deu uma aula de cidadania e democracia durante sua participação na Comissão de Direitos Humanos nesta terça-feira (25). A sessão foi transmitida através dos canais digitais e pela TV Câmara. O evento bateu recorde de audiência.

A deputada federal Kátia, da base do governo, utilizou seu tempo para destilar críticas, ataques e pedido de prisão do jornalista americano do site InterceptBrasil. Kátia considera que a divulgação de conversas entre Sérgio Moro e Deltan Dallagnol é criminosa.

O jornalista Glenn Greenwald rebateu as acusações da deputada federal lembrando o Art. 5 da Constituição Federal e lembrou que a defesa da liberdade de imprensa é um direito garantido em todos os regimes democráticos. Foi ainda mais longe. O jornalista afirmou que o Brasil está vivendo um momento muito crítico onde jornalista vivem sob pressão por não concordar com o partido do governo.

A participação do jornalista repercutiu na mídia internacional que olha apreensiva o cerceamento da liberdade de imprensa no Brasil.


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência