Major Olimpio ataca publicamente Bolsonaro

Imagem
O senador Major Olímpio deu entrevista à Rádio Jovem Pan na tarde deste domingo (08) durante os protestos convocados pelos movimentos sociais. Olímpio está no PSL e não quis acompanhar o presidente Bolsonaro para o novo partido Aliança Pelo Brasil.
Olímpio ainda se diz amigo de Bolsonaro porém destacou que o presidente foi insuflado pelos filhos e advogados para embarcar no que classificou como "aventura política" e rotulou a sigla como "Titanic político".




Confira a fala do senador do PSL-SP.



Na minha visão ele(@jairbolsonaro) cometeu um grande equívoco, saiu de um partido 100% dele pra uma aventura chamada aliança, será um Titanic político"@majorolimpio totalmente fora da realidade, não percebeu que quem está no Titanic político é ele.
pic.twitter.com/XXoeXmyXL7 — Sakura 🇧🇷🇯🇵 (@JapaDoBonor0) December 8, 2019

Alexandre Frota desabafa nas redes sociais

As demissões em série que ocorrem no governo Jair Bolsonaro incomodam setores dentro do próprio partido PSL. Um dos críticos mais contundentes tem sido o deputado federal Alexandre Frota, de São Paulo.

Frota mais um vez utilizou a sua conta no Twitter para fazer uma dura crítica sobre o método de trabalho de Jair Bolsonaro. O presidente tem demitido os seus próprios escolhidos pelas redes sociais e por meio da imprensa. O último a ser envergonhado foi Joaquim Levy que deixou a presidência do BNDES neste final de semana após o próprio Bolsonaro afirmar que a cabeça do presidente estava para rolar.

O comportamento de Jair Bolsonaro já rendeu a demissão de Bebiano, Velez, Santos Cruz e agora Levy.



O deputado federal Alexandre Frota afirma em seu Twitter que a influência de Olavo de Carvalho tem contribuído para destruir o governo que segundo Frota atua de forma ideológica.


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência