Moro escondeu mais do que se pode imginar

Imagem
O TRF-4 precisa dar satisfação ao povo brasileiro sobre a conduta irregular do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro.
O traidor da Pátria reconhece a veracidade das mensagens do Telegram divulgadas pelo TheIntecerptBrasil. Quando afirmou que deu palestras e doou o dinheiro pra "caridade", Moro assinou a sua culpa. Além disso, ele tenta esconder o crime que cometeu quando não declarou as palestras que havia dado desrespeitando a resolução do CNJ.
Afinal, pra que serve a estrutura do TRF-4? Depois de tudo que foi revelado até o momento nota-se que Sergio Moro faz pouco caso do órgão.

Sérgio Cabral entrega mais bandidos

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (MDB) é interrogado nesta quinta-feira (23) na Operação C’Est Fini, desdobramento da Lava Jato no Rio que faz alusão à Farra dos Guardanapos. A audiência começou às 14h25, na 7ª Vara Federal Criminal, e logo no início ele voltou a admitir que recebeu propina para favorecer empresários: R$ 1,5 milhão na licitação do Poupa Tempo.

Cabral admitiu que recebeu propina do empresário Georges Sadala, um dos presentes na Farra dos Guardanapos, ao direcionar a licitação do Rio Poupa Tempo. Sadala é um dos sócios da empresa e também será ouvido nesta quinta, assim como um dos principais operadores do ex-governador no esquema, Luis Carlos Bezerra.

“Implementei aqui no Rio [o Poupa Tempo] com uma licitação direcionada para benefício dessa sociedade em que a empresa do [Georges] Sadala é sócio, o que foi dito pelo [operador Luiz Carlos] Bezerra é verdade. A ação do MPF fala em propina de R$ 1,3 milhão. Houve essa propina, mas na verdade foi de R$ 1,5 milhão. [O empresário] Arthur Soares [conhecido como Rei Arthur] também participou da sociedade”, apontou Cabral.


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência