Moro escondeu mais do que se pode imginar

Imagem
O TRF-4 precisa dar satisfação ao povo brasileiro sobre a conduta irregular do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro.
O traidor da Pátria reconhece a veracidade das mensagens do Telegram divulgadas pelo TheIntecerptBrasil. Quando afirmou que deu palestras e doou o dinheiro pra "caridade", Moro assinou a sua culpa. Além disso, ele tenta esconder o crime que cometeu quando não declarou as palestras que havia dado desrespeitando a resolução do CNJ.
Afinal, pra que serve a estrutura do TRF-4? Depois de tudo que foi revelado até o momento nota-se que Sergio Moro faz pouco caso do órgão.

O que Mourão, Vilas Boas e Santos Cruz faziam quando o Brasil era roubado?

O presidente Jair Bolsonaro defende mais um vez o direito de Olavo de Carvalho disparar críticas a militares políticos entrincheirados no colo do governo. Santos Cruz está revoltado com as declarações do professor que atua na redes sociais disparando torpedos intermináveis. As críticas ácidas estão abalando as estruturas do staff de Bolsonaro.

Fato é que os generais passaram longos anos admitindo toda roubalheira que foi orquestrada pela classe política e que culminou com a atual crise econômica. A presença de representantes das Forças Armadas no atual governo está sendo vista com desconfiança por vários setores. A aproximação da Folha e da Globo, duas das maiores mídias do país, de militares que ocupam posições estratégicas na gestão pública é outro motivo de alerta. Foi assim em 1964.

Bolsonaro tem mantido sua posição neutra porém não esconde sua preferência pelas opiniões de Olavo de Carvalho. Há, um certo desequilíbrio de forças dentro da administração e o Planalto enxerga com cuidado a possibilidade de um racha.

Olavo postou no Twitter que não param de chegar questões relacionadas a Santos Cruz. 


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência