Policiais disparam contra o rosto de uma mulher

Imagem
Elizangela Moraes, 44 anos, estava sentada em um banco com o namorado no município de Sorriso (MT), a 420 quilômetros de Cuiabá, quando os dois militares viraram uma esquina e efetuaram os disparos. Ela foi baleada no rosto e no pescoço.
Segundo testemunhas, os policiais Ezio Sousa Dias e Webert Batista Ribeiro, ambos de 30 anos, se envolveram em uma confusão em um bar. Os dois foram presos em flagrante. 
O namorada da vítima, Osvaldo Pereira Gomes Neto, disse, no entanto, que não havia confusão. "Eles nem falaram com a gente, não conhecíamos eles. Nós temos que respeitar a polícia em uma abordagem, porque somos pessoas de bem, mas eu pergunto, o que justifica esse tiro?", questiona. Seu relato foi publicado no G1.
(com informações do G1)



O Brasil em 15 dias não terá mais dinheiro nem para papel higiênico. Os ladrões destruíram tudo

Os ladrões destruíram o Brasil. Quem? Todos. De Sarney até Bolsonaro não tem um que escapa ao doce veneno da corrupção. A população que se cuide pois em 15 dias o país não terá mais dinheiro nem para comprar papel higiênico.

A classe política mais cretina do mundo criou uma PEC que proíbe o governo de investir em programas sociais fundamentais para manutenção da rede de cobertura social. Sem emprego em razão da corrupção, os mais pobres e a classe média não conseguem mais do que pagar as próprias contas.

Em 15 dias o Brasil precisará desembolsar de uma tacada só algo em torno de R$ 248 bilhões. Isso mesmo! O rombo será ainda maior. Se não lançar mão desse valor não terá dinheiro para quitar compromissos com aposentados e pensionistas. As Prefeituras não receberão os repasses para o BPC, a aposentadoria dos mais pobres. E como ficará o país? O general Heleno já cantou a pedra: não terá dinheiro nem para o arroz.






Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!