George Soros investirá 1 bilhão de dólares. Pra quê?

Imagem
O bilionário George Soros anunciou na noite desta quinta (23) que investirá US$ 1 bilhão (cerca de R$ 4,2 bilhões) na criação de uma rede acadêmica para lutar contra os “ditadores de agora e em gestação” e as mudanças climáticas.
A iniciativa, batizada de Open Society University Network, foi divulgada num discurso em seu tradicional jantar anual durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.
Segundo nota publicada no site da fundação de Soros, a Open Society Foundation, o objetivo do projeto é conectar instituições de ensino superior pelo mundo, oferecendo cursos e programas de graduação conjuntos e pensado para reunir estudantes e professores de diferentes países.
A rede buscará alcançar lugares que não possuem educação de qualidade e busca promover os valores da liberdade de expressão e da diversidade de crenças, entre outros.
Soros ainda destilou duras críticas contra o posicionamento político e administrativo do presidente Jair Bolsonaro. O bilionário garante que o Brasil …

EUA abandona Guaidó e se volta para o Irã. O opositor agora está sozinho e foragido

Os Estados Unidos da América virou as costas para Juan Guaidó na Venezeuala após o anuncio de que o Irã aumentou seu enriquecimento de urânio, numa clara demonstração força contra os americanos.

Guaidó que estava posicionado próximo de um quartel militar, eve que mudar de esconderijo para ser capturado pelas tropas de Nicolás Maduro. Opositor ao regime ditatorial de Maduro fez uma aposta ousada quando decidiu liderar um levante contra o ditador.

O presidente Donald Trump declarou que o apoio a Guaidó foi dado na medida que a Venezuela representava perigo aos EUA. Com a ascensão do projeto de enriquecimento de urânio por parte do Irã, Trump alega que a crise na Venezuela será resolvida por outro caminho que não seja a intervenção militar.

Guaidó ficou sozinho!




Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!