Moro escondeu mais do que se pode imginar

Imagem
O TRF-4 precisa dar satisfação ao povo brasileiro sobre a conduta irregular do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro.
O traidor da Pátria reconhece a veracidade das mensagens do Telegram divulgadas pelo TheIntecerptBrasil. Quando afirmou que deu palestras e doou o dinheiro pra "caridade", Moro assinou a sua culpa. Além disso, ele tenta esconder o crime que cometeu quando não declarou as palestras que havia dado desrespeitando a resolução do CNJ.
Afinal, pra que serve a estrutura do TRF-4? Depois de tudo que foi revelado até o momento nota-se que Sergio Moro faz pouco caso do órgão.

Bebendo cerveja no presídio e compartilhando nas redes sociais

O preso que compartilhou fotos bebendo cerveja ao lado de uma mulher dentro da Penitenciária Vicente Piragibe foi transferido de unidade. Luciano da Silva Teixeira, conhecido como Sardinha, foi levado para o presídio Bangu 1, também no Complexo de Gericinó. A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que a cela onde Luciano ficava foi revistada, no último dia 16, assim que os agentes tiveram conhecimento das fotos compartilhadas pelo preso. As imagens viralizaram na internet. O caso foi revelado pelo site G1.

Nas fotos, Luciano aparece com uma lata de cerveja, ao lado de uma mulher. Em outra imagem, é visto um prato cheio de salaminho. De acordo com a Seap, as fotos foram tiradas logo após o ano novo. A secretaria informou que uma sindicância foi aberta e que os agentes encontraram dinheiro, celulares, aparelhos eletrônicos e drogas dentro da cela de Luciano. Segundo a Seap, foram achados 99 trouxinhas de erva seca, 1.050 balinhas de haxixe, 332 papelotes de pó branco, com características de cocaína, 31 celulares, dois roteadores Wi-fi e R$ 26.898 em espécie. O material foi apreendido e encaminhado para a delegacia da região.



Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência