Moro escondeu mais do que se pode imginar

Imagem
O TRF-4 precisa dar satisfação ao povo brasileiro sobre a conduta irregular do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro.
O traidor da Pátria reconhece a veracidade das mensagens do Telegram divulgadas pelo TheIntecerptBrasil. Quando afirmou que deu palestras e doou o dinheiro pra "caridade", Moro assinou a sua culpa. Além disso, ele tenta esconder o crime que cometeu quando não declarou as palestras que havia dado desrespeitando a resolução do CNJ.
Afinal, pra que serve a estrutura do TRF-4? Depois de tudo que foi revelado até o momento nota-se que Sergio Moro faz pouco caso do órgão.

"Ambos estão no erro. Mas não posso nivelar Janaína com Kim Katapiroka", diz Olavo

Olavo de Carvalho que havia declarado estar fora de palpitar na política brasileira, continua realizando seus vídeos e dando sua opiniões. O professor que reside nos EUA ainda é o guru do presidente Jair Bolsonaro, porém de forma mais discreta.

No Twitter, Olavo tem mantido sua posição política bem clara em relação aos erros cometidos pelo governo Bolsonaro. Ele não resistiu ao descumprimento da promessa. Na batalha política travada pelas lideranças do PSL, Olavo aproveitou para fazer uma observação sobre dois eleitos e apoiadores de Bolsonaro.

Referindo-se a Janaína Paschoal e o deputado federal Kim Kataguiri, ele escreveu. "Os dois estão no erro. Mas não posso nivelar a Janaína com Kim Katapiroka", sentenciou.

Janaína Paschoal, pra quem não sabe, está de malas prontas para abandonar o PSL. A deputada estadual decidiu ser contra as manifestações e rotulou os manifestantes de "loucos".

Kim Kataguiri na direção aposta atende as demandas do governo e está alinhado com o MBL, movimento que recentemente decidiu enfrentar a conduta do governo posicionando-se contra algumas pautas.



Olavo permanece alfinetando e suas declarações serão sempre impactantes.


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência