Policiais disparam contra o rosto de uma mulher

Imagem
Elizangela Moraes, 44 anos, estava sentada em um banco com o namorado no município de Sorriso (MT), a 420 quilômetros de Cuiabá, quando os dois militares viraram uma esquina e efetuaram os disparos. Ela foi baleada no rosto e no pescoço.
Segundo testemunhas, os policiais Ezio Sousa Dias e Webert Batista Ribeiro, ambos de 30 anos, se envolveram em uma confusão em um bar. Os dois foram presos em flagrante. 
O namorada da vítima, Osvaldo Pereira Gomes Neto, disse, no entanto, que não havia confusão. "Eles nem falaram com a gente, não conhecíamos eles. Nós temos que respeitar a polícia em uma abordagem, porque somos pessoas de bem, mas eu pergunto, o que justifica esse tiro?", questiona. Seu relato foi publicado no G1.
(com informações do G1)



URGENTE. Rodrigo Maia retira Reforma da Previdência da pauta

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, Felipe Francischini (PSL-PR), já sabe que não conseguirá colocar a reforma da Previdência como pauta prioritária para segunda-feira, 15 de abril.

O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se articulou para demovê-lo da ideia e manter a votação do Orçamento impositivo, como pressiona o Centrão, em uma clara derrota do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Em conversas com líderes do Centrão e demais lideranças, Maia bancou que o Orçamento impositivo, de relatoria do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), entrará como a pauta prioritária da CCJ.

Os deputados estão furiosos com a articulação política feita pela Casa Civil e se revoltaram com a interferência feita por Lorenzoni ao influenciar Francischini a colocar a reforma da Previdência antes da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Orçamento impositivo.

A atuação de Maia nos bastidores é uma resposta a Lorenzoni de que a articulação precisa mudar. Ou microderrotas, como a reviravolta confessada por líderes ao Blog, ocorrerão com frequência maior.

Caso o ministro da Casa Civil não mude, os insucessos poderão ser maiores, com possibilidade de fracassos à aprovação da reforma da Previdência na Câmara.


Comentários

  1. E O PAÍS QUEM DESSES F d P TEM RESPEITO E RESPONSABILIDADE LETRA P É FODA PUTAO POLITICOSE TEM MAIS PASTORZINHO

    ResponderExcluir
  2. É lamentável que o congresso seja um balcão de negociata, sem a menor responsabilidade de resolver os problema que aflige o povo.

    ResponderExcluir
  3. STF CORRUPTOS FORA JA

    ResponderExcluir
  4. STF TODOS TEM RABO PRESO CADEIA PARA TODOS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL JA

    ResponderExcluir
  5. CADEIA PARA CESAR MAIA
    E RODRIGO MAIA


    ResponderExcluir

Postar um comentário

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!