Moro escondeu mais do que se pode imginar

Imagem
O TRF-4 precisa dar satisfação ao povo brasileiro sobre a conduta irregular do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro.
O traidor da Pátria reconhece a veracidade das mensagens do Telegram divulgadas pelo TheIntecerptBrasil. Quando afirmou que deu palestras e doou o dinheiro pra "caridade", Moro assinou a sua culpa. Além disso, ele tenta esconder o crime que cometeu quando não declarou as palestras que havia dado desrespeitando a resolução do CNJ.
Afinal, pra que serve a estrutura do TRF-4? Depois de tudo que foi revelado até o momento nota-se que Sergio Moro faz pouco caso do órgão.

Redes sociais não foram bloqueadas

Uma onda de notícias falsas sobre o bloqueio de redes sociais de suspeitos envolvidos no inquérito aberto pelo STF, está assustando muita gente. Até agora nenhuma página de investigados por fake news foi retirada do ar.

Outra mentira que circula pelos grupos de WhatsApp e no Twitter é que o ministro Alexandre de Moraes teria pedido a retirada do perfil do senador Kajuru do ar. A página de Kajuru no Facebook e o perfil no Twitter permanecem funcionando normalmente.

Os envolvidos tiveram suas residências vistoriadas e equipamentos apreendidos, porém a PGR já determinou o arquivamento inquérito e a descontinuidade das operações policiais, com a devolução dos objetos apreendidos.

Há uma clara intenção em colocar a opinião pública contra os ministros do STF, por parte de alguns segmentos da mídia e formadores de opinião. A solução para a crise que o Brasil se encontra, não passa pelo impeachment dos ministros, nem pela aprovação de leis e medidas mais duras. O governo precisa ajustar sua articulação para viabilizar o destravamento da máquina pública que se encontra estressada devido o passado de erros e crimes praticados por outros governantes.


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência