Roubo de carne: quadrilha rouba 30 toneladas

Imagem
Um motorista foi sequestrado e teve um caminhão com 30 toneladas de carne roubado por uma quadrilha nesse domingo (8) em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

Segundo a Polícia Militar, dois suspeitos foram presos. A carga, avaliada em R$ 370 mil, foi recuperada junto com o caminhão.

O crime foi descoberto depois que os policiais perceberam uma movimentação suspeita na região da Comunidade Pai André, em Várzea Grande. Dois homens foram flagrados descarregando peças de carne de um caminhão câmara fria para uma picape.

Pedido de prisão preventiva de Toffoli

O jurista Modesto Carvalhosa tem travado grandes embates dentro e fora da redes sociais. No âmbito jurídico tem mantido firme o pedido de impeachment de membros do Supremo Tribunal Federal (STF). No Facebook, ele foi mais longe.

Carvalhosa afirma que os dois ministros, Alexandre e Toffoli, “transformaram o STF num tribunal de exceção, declarado no artigo V e inciso XVI da Constituição no mais grave delito contra as liberdades públicas numa democracia”.

O jurista acrescenta que Toffoli e Moraes estabeleceram “um clima de terror mediante a prática continuada dos crimes de ameaça, constrangimento ilegal, violência arbitrária e invasão de domicílio”.

Segundo Carvalhosa, “para que cessem as atividades delituosas”, a Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, deve “promover a imediata prisão preventiva de ambos, a fim de que deixem de ameaçar e ofender a cidadania brasileira”.

“As pessoas e as instituições da sociedade civil não devem obedecer e acatar qualquer medida determinada por esses dois elementos, comunicando imediatamente ao Ministério Publico a respeito para as providências devidas”, concluiu Carvalhosa.

Agora resta saber como o STF procederá em relação a manifestação pública do jurista.





Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência