Homem de cueca tenta fugir da casa da amante e cai na calçada

Imagem
Um homem que fugia da casa da amante - que é casada - pelas paredes da fachada de um prédio em Maoming (província de Guangdong, China), usando apenas uma camisa e cueca, acabou caindo na calçada abaixo.
O caso viralizou na rede Weibo (equivalente chinês ao Twitter). De acordo com testemunhas, o homem teria fugido após a família da amante retornar inesperadamente ao apartamento. O chinês conseguiu se sustentar por alguns minutos, chegou a fazer uma ligação, mas acabou perdendo a força e despencando por vários andares.
Um vídeo feito de edifício vizinho registrou boa parte da cena. Não há, entretanto, imagens da queda. O material termina com o corpo caído na calçada, cercado por algumas pessoas.

O desemprego está desenfreado. O país está refém do sistema financeiro

O Brasil contabiliza neste domingo (7) mais de 28 milhões de pessoas desempregadas. Especialistas no assunto alertam que o cenário é "assustador". O desmonte do mercado de trabalho e a falta de investidores estão contribuindo para colocar o Brasil de volta no mapa da miséria.

A taxa de desemprego no Brasil chegou a 12,4% nos três meses até fevereiro, percentual acima dos 11,6% registrados no trimestre até novembro, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O coordenador de trabalho e rendimento do IBGE, Cimar Azeredo, disse que metade da perda ocorreu no setor privado e a outra parte no público.

No privado, afirmou ele, a queda veio da indústria e da construção, setores cuja demora em mostrar recuperação surpreende até os mais pessimistas. No público, o recuo veio principalmente de atividades voltadas para a educação.

Na retaguarda do desemprego vem a criminalidade crescente. A falta de ocupação entre jovens tem promovido a inserção de homens e mulheres nas fileiras do tráfico de drogas.


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência