Coronavírus em Minas Gerais. Brasil entra estado de perigo iminente

Imagem
O Ministério da Saúde informou hoje que uma jovem, 22 anos - que viajou para Wuhan (China) - epicentro da propagação do coronavírus - está sob análise médica em Minas Gerais. A paciente apresenta sintomas "compatíveis" com os do coronavírus. 
Representantes do Ministério da Saúde irão participar de um encontro com secretários da Organização Mundial da Saúde. 
O nível de alerta no país subiu de 1 para 2 - ou seja, saímos do estado de alerta para o de perigo iminente.

Bombeiros falidos! Não tem mais dinheiro para manutenção

Prefeitos decidiram fazer a parte deles, cansaram de bancar responsabilidade de governadores e cortaram repasses de verbas municipais para manutenção do Corpo de Bombeiros. Mais de 3 mil municípios não repassarão nenhum centavo para ajudar nas despesas com a corporação. Vai falta gasolina e peças para viaturas.


O caso mais grave está em São Paulo, a maior cidade do Brasil.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), decidiu romper o convênio com o governo do estado e suspender o repasse de verbas para manter o Corpo de Bombeiros na capital. A gestão paulistana argumenta que a medida se deve a severa restrição orçamentária nos cofres municipais.

Os repasses de R$ 68 milhões previstos para este ano seriam usados para despesas como compra de combustível para os carros, alimentação dos agentes, aluguéis e construção de novas bases, entre outras. Sem esse valor, ​há risco de piora no atendimento e até de fechamento de bases.

A gestão Bruno Covas (PSDB) busca repassar gastos que considera de responsabilidade do governo estadual, com objetivo de reservar dinheiro para obras. Com as eleições de 2020 se aproximando, Covas corre para deixar uma marca, principalmente na área da zeladoria, que terá verba aumentada.


Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!