URGENTE: Bolsonaro é acusado de golpe contra o Estado

Imagem
É grave a denúncia que o presidente Jair Bolsonaro está disparando de seu celular pessoal vídeo em tom dramático, com cenas de "facada" em Juiz de Fora e apelo para a manifestação do dia 15 de março, na avenida Paulista onde pede o fechamento do Congresso Nacional.
Vários veículos da imprensa brasileira repercutem a notícia que caiu feito bomba e pegou até mesmo os militares de surpresa.
Mais cedo o general Santos Cruz classificou de "irresponsabilidade" o banner onde saia a convocação  com imagens de generais, em alusão as Forças Armadas.
Nesse momento uma reunião de emergência está sendo convocada para analisar a postura do presidente.

Subtenente atira na cabeça da esposa e é liberado na delegacia

Instantes após ter atirado na cabeça da esposa, o subtenente da Polícia Militar foi ouvido na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza e liberado. Segundo nota da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o militar não chegou a ser preso. Ele foi autuado por tentativa de feminicídio e segue sendo investigado.

A Pasta informou na manhã desta terça-feira (5) que a liberação se deu por o PM ter se apresentado espontaneamente. A SSPDS destacou que a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD) tomou conhecimento do ocorrido e uma investigação na seara administrativa será realizada pelo órgão.

O subtenente disparou contra a esposa, que foi socorrida ao Instituto Doutor José Frota (IJF). A reportagem apurou que a vítima permanece internada, em estado de grave. O crime aconteceu na casa do casal, no bairro Montese e o tiro teria atingido o ouvido da vítima.




Comentários

MAIS LIDAS

Deputados negociam para votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!