Pastor admite estupro de menor mas culpa o demônio

Imagem
O pastor de uma igreja na cidade de Gaithersburg, no estado de Maryland (EUA), foi preso nesta quarta-feira (25) após ser acusado de uma tentativa de estupro por uma menina que frequentava o local. Ao ser questionado sobre o abuso, ele afirmou que foi levado a atacar a vítima por 'demônios internos'.
Segundo informações da rede de TV norte-americana NBC, o home, identificado como Octavio Cantarero, de 42 anos, é pastor na Igreja Pentecostal Príncipe da Paz e teria invadido o quarto da jovem, que não teve a idade revelada, enquanto ela dormia.
No depoimento, a vítima afirmou que acordou com Cantarero já em cima dela, mas que conseguiu lutar com ele e fugir do quarto. Após a tentativa de estupro, ele teria tentado abafar o caso e silenciar a garota com alguns presentes, além de prometer que a colocaria em uma escola e até pagaria o aluguel de uma residência, caso ela quisesse se mudar.
Ainda de acordo com a publicação, a menina vivia em um dos quartos da igreja desde o último di…

Lula sempre aparecia bebendo cachaça e com sinais de embriaguez

Bem diferente de Jair Bolsonaro, o ex-presidente Lula sempre aparecia em momentos de festa e comemoração bebendo pinga e com sinais de embriaguez. Numa de suas aparições, Lula chegou gravar um vídeo com um copo de cachaça na mão e afirmando: "Chupa que a cana é doce!".

Quase um alcoólatra, Lula não media consequências quando o assunto era promover a bebida alcoólica. Sua reputação de bom bebedor sempre foi conhecida por onde passava. Bastava chegar numa festa e era oferecido um copo de cerveja ou de cachaça.

Ao contrário de Lula, o atual presidente Jair Bolsonaro exibiu um vídeo das baixarias que são promovidas durante o Carnaval e foi alvo de um ataque pesado nas redes sociais e nos jornais alinhados à narrativa comunista.

Bolsonaro terá, através da Advocacia-Geral da União, que responder aos questionamentos da Procuradoria-Geral da República (PGR) que recebeu pedido do PT para abrir procedimento contra o presidente por exposição de conteúdo considerado impróprio para menores.

A mudança de paradigmas pode estar provocando náuseas na mídia acostumada com o ex-presidente presidiário.





Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência