Pastor admite estupro de menor mas culpa o demônio

Imagem
O pastor de uma igreja na cidade de Gaithersburg, no estado de Maryland (EUA), foi preso nesta quarta-feira (25) após ser acusado de uma tentativa de estupro por uma menina que frequentava o local. Ao ser questionado sobre o abuso, ele afirmou que foi levado a atacar a vítima por 'demônios internos'.
Segundo informações da rede de TV norte-americana NBC, o home, identificado como Octavio Cantarero, de 42 anos, é pastor na Igreja Pentecostal Príncipe da Paz e teria invadido o quarto da jovem, que não teve a idade revelada, enquanto ela dormia.
No depoimento, a vítima afirmou que acordou com Cantarero já em cima dela, mas que conseguiu lutar com ele e fugir do quarto. Após a tentativa de estupro, ele teria tentado abafar o caso e silenciar a garota com alguns presentes, além de prometer que a colocaria em uma escola e até pagaria o aluguel de uma residência, caso ela quisesse se mudar.
Ainda de acordo com a publicação, a menina vivia em um dos quartos da igreja desde o último di…

Gilmar está fora! PGR pede a suspeição do ministro

A força-tarefa da operação Lava Jato encaminhou à procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, ofício no qual alega a suspeição do ministro Gilmar Mendes, do STF, para julgar ações relativas ao ex-senador Aloysio Nunes e a Paulo Vieira de Souza – mais conhecido como Paulo Preto –, apontado como operador do PSDB.

No documento, a força-tarefa apresenta informações que impediriam Mendes de julgar os investigados, alvos da 60ª fase da operação.

Segundo a força-tarefa da Lava Jato, o ministro teria proximidade com os investigados, em especial com Aloysio Nunes, com quem teria conversado por telefone no primeiro dia útil após o protocolo de HC no Supremo, o qual foi posteriormente deferido por Mendes. Na ação, Paulo Preto figurava como interessado.

Para os procuradores da Lava Jato, as conversas entre o Gilmar e o ex-senador expõem a interferência de Nunes em interesse próprio e de Paulo Preto valendo-se de relação pessoal com o ministro do STF. Os integrantes da força-tarefa também consideram que outro processo que apura vantagem indevida do grupo Odebrecht a Aloysio Nunes foi arquivado recentemente com voto inicial de Gilmar Mendes, em contrariedade a pedido da PGR.

Ao considerar a iminência de decisão na Rcl 33.514, distribuída a Gilmar Mendes, a força-tarefa requer que a Procuradoria adote as medidas cabíveis, “de forma a evitar que o interesse público subjacente às investigações possa ser prejudicado e que uma mácula de desconfiança paire sobre decisões proferidas por E. Ministro da Suprema Corte”.





Comentários

  1. Ótimo ! Parabéns à força-tarefa da Lava Jato. Ou o Brasil se apruma ou desanda de vez.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns a Força tarefa , este MINISTRO soltou muitos presos de peso. Ele se diz SUPREMO como se estivesse acima das LEIS e acima da nossa Constituição Federal. Que a PGR Raquel Dodge tenha PULSO para isto. No aguardo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência