Fábricas e montadoras brasileiras paralisam atividades

Imagem
Férias coletivas e adiamento de vários lançamentos, esse é o cenário que toma conta da indústria brasileira. Não tem mais componentes eletrônicos para produção e reposição em produtos industrializados. A matéria-prima produzida na China não chega mais.
Entre 20 mil a 30 mil funcionários de empresas de tecnologia da informação, especialmente de celulares e computadores, devem mudar a rotina de trabalho no curto prazo.
O número foi destacado pelo presidente da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), Humberto Barbato, que levou em conta pesquisa feita com 50 empresas do setor. De acordo com o levantamento, a produção do primeiro trimestre deverá ficar 22% abaixo da inicialmente projetada por essas companhias em razão do coronavírus.

Fidel Castro, o ditador, fez fortuna de 900 milhões de dólares

Fidel Castro fez fortuna explorando e matando gente inocente e opositores ao regime ditatorial implantado na ilha cubana. O bandido predileto de comunistas brasileiros acumulou em uma conta mais de 900 milhões de dólares, segundo informou a revista Veja.

O ditador se mantinha longe dos holofotes e procurava não ostentar publicamente. Entretanto nos bastidores políticos Fidel gozava de bens de luxo, joias, iates, jatos e gostava de fumar os mais caros charutos.

Há dez anos, a publicação financeira Forbes considerava que Fidel era o sétimo governante na lista de presidentes, ditadores e monarcas mais endinheirados. Segundo a revista, a fortuna do ditador cresceu abruptamente em pouco tempo, uma vez que a estimativa de sua fortuna em 2003 era de 110 milhões de dólares. O dinheiro teria relação com seu poder em uma série de empresas que eram de propriedade do Estado cubano.

Na época da publicação, o caso foi respondido com raiva pelo governo da ilha e por Fidel, que afirmou se tratar de uma “mentira absoluta” e disse que tomaria ações legais contra a revista. “Se eles provarem que eu tenho uma conta no exterior de 900 milhões dólares ou de apenas um dólar, eu renuncio agora a todas as funções que desempenho”, afirmou Castro, em 2006. “É ridículo me atribuir uma fortuna de 900 milhões de dólares. Uma fortuna sem herdeiros”.

A Forbes relembrou o episódio após a morte do ditador, que faleceu aos 90 anos, e comentou que Fidel gostava de “acomodações luxuosas”, mas precisava se mudar constantemente por causa de tentativas de assassinato.


Comentários

MAIS LIDAS

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Mamata | General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior

VÍDEO. Tratores com jatos lançam fezes sobre Parlamento francês