Pastor admite estupro de menor mas culpa o demônio

Imagem
O pastor de uma igreja na cidade de Gaithersburg, no estado de Maryland (EUA), foi preso nesta quarta-feira (25) após ser acusado de uma tentativa de estupro por uma menina que frequentava o local. Ao ser questionado sobre o abuso, ele afirmou que foi levado a atacar a vítima por 'demônios internos'.
Segundo informações da rede de TV norte-americana NBC, o home, identificado como Octavio Cantarero, de 42 anos, é pastor na Igreja Pentecostal Príncipe da Paz e teria invadido o quarto da jovem, que não teve a idade revelada, enquanto ela dormia.
No depoimento, a vítima afirmou que acordou com Cantarero já em cima dela, mas que conseguiu lutar com ele e fugir do quarto. Após a tentativa de estupro, ele teria tentado abafar o caso e silenciar a garota com alguns presentes, além de prometer que a colocaria em uma escola e até pagaria o aluguel de uma residência, caso ela quisesse se mudar.
Ainda de acordo com a publicação, a menina vivia em um dos quartos da igreja desde o último di…

Transgêneros ganham de mulheres velocistas. Recordes femininos estão em queda

Andraya Yearwood ouve os comentários, "ela não deveria estar correndo, eles dizem, não contra garotas."

Yearwood, um júnior de 17 anos na Cromwell High School, é um dos dois velocistas transgênero em Connecticut, em transição para o sexo feminino.

Ela terminou recentemente em segundo lugar na corrida de 55 metros no campeonato estadual de pista coberta. O vencedor, Terry Miller, da Bloomfield High, também é transgênero e estabeleceu um recorde de 6,95 segundos para o público feminino. Yearwood terminou em 7,01 segundos e o competidor de terceiro lugar, que não é transexual, terminou em 7,23 segundos.

Miller e Yearwood também lideraram os campeonatos estaduais de 100 metros no ano passado, e Miller venceu os 300 nesta temporada.

Os críticos dizem que sua identidade de gênero representa uma vantagem injusta, expressando um argumento familiar em um debate complexo para os atletas transgêneros, pois eles quebram barreiras entre os esportes em todo o mundo, desde o ensino médio até os profissionais.


Comentários

  1. As mulheres com a babaquice de apoiar o politicamente correto, estão perdendo o espaço conquistado a duras penas para Homens travestidos de mulheres. A covardia das mulheres de fato e de direito é vergonhosa.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência