Trump mandará brasileiros ilegais para prisões em outros países

Imagem
O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos (DHS) cogita enviar imigrantes brasileiros que cruzam a fronteira do México de volta ao território mexicano enquanto aguardam audiência em tribunais norte-americanos, de acordo com uma autoridades EUA e uma autoridade mexicana a par das conversas.
As deliberações são uma reação ao aumento do número de brasileiros chegando à divisa entre EUA e México para pedir asilo a Washington, disseram as autoridades. O governo do presidente Donald Trump também estuda a possibilidade de enviar brasileiros postulantes a asilo a outras nações, segundo o funcionário norte-americano.
Trump, que busca a reeleição em novembro, fez da imigração um dos argumentos centrais de seu discurso ao eleitores. Durante seu governo, ele criticou os postulantes a asilo e argumentou que a maior parte dos imigrantes que chegam à fronteira carecem de uma justificativa válida para pedir proteção.
(com informações de Reuters)

OAB, com novo presidente, abre fogo contra Sérgio Moro. Seria a petetização da Ordem?

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) está sob nova presidência para o triênio 2019-2022. Felipe Santa Cruz é o nome do novo presidente da entidade. Ele foi responsável pela OAB-Rio de Janeiro e, segundo informações divulgadas pela imprensa, mantinha relações próximas com o ex-governador criminoso Sérgio Cabral.

No ano de 2017 diversos membros da Ordem, no Rio de Janeiro, pediram renuncia de seus cargos em razão de suspeitas que envolviam a gestão de Santa Cruz. O caso ficou nebuloso e não houve qualquer comprovação sobre as denúncias apresentadas contra ele.

Santa Cruz chega ao posto mais alto da entidade causando polêmicas.

O G1 divulgou a entrevista concedida pelo presidente da OAB onde ele afirma não concordar com a atitude de Sérgio Moro ao deixar o Judiciário para ingressar como ministro no governo Jair Bolsonaro."Embora seja um direito do magistrado, é um erro e um equívoco histórico ter aceitado a migração do Judiciário para o Executivo", disse Santa Cruz.

É possível perceber, ao ler toda entrevista, que as perguntas são tendenciosas no sentido de provocar o presidente da OAB para que ele destile declarações polêmicas principalmente relacionadas ao governo.

O presidente Jair Bolsonaro já declarou que pretende colocar a OAB no seu devido lugar. No tocante ao exame da Ordem, o presidente considera que todo formando do curso de Direito deva sair com a licença para advogar concedida imediatamente após a conclusão do curso.

A posição de Bolsonaro em relação a OAB deve ter sacudido a relação entre governo e entidade o que pode ter alçado Santa Cruz ao posto mais alto com objetivo de fazer frente as decisões do governo. A OAB, atualmente, goza de privilégios e prerrogativas não muito comuns para uma entidade que não tem nada a ver com as decisões de estado.




Comentários

  1. Por quê? A OAB não pode pensar diferente dos BOLSOMINIONS ??? Tem de agir no padrão idiota??? Vão se catar. Imbecis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OAB, atualmente, goza de privilégios e prerrogativas não muito comuns para uma entidade que não tem nada a ver com as decisões de estado. Entendeu ? ou precisa desenhar ?

      Excluir
    2. É a lei. Se ele tivesse puxado o saco estaria tudo certo!!!

      Excluir

Postar um comentário

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!