Pastor admite estupro de menor mas culpa o demônio

Imagem
O pastor de uma igreja na cidade de Gaithersburg, no estado de Maryland (EUA), foi preso nesta quarta-feira (25) após ser acusado de uma tentativa de estupro por uma menina que frequentava o local. Ao ser questionado sobre o abuso, ele afirmou que foi levado a atacar a vítima por 'demônios internos'.
Segundo informações da rede de TV norte-americana NBC, o home, identificado como Octavio Cantarero, de 42 anos, é pastor na Igreja Pentecostal Príncipe da Paz e teria invadido o quarto da jovem, que não teve a idade revelada, enquanto ela dormia.
No depoimento, a vítima afirmou que acordou com Cantarero já em cima dela, mas que conseguiu lutar com ele e fugir do quarto. Após a tentativa de estupro, ele teria tentado abafar o caso e silenciar a garota com alguns presentes, além de prometer que a colocaria em uma escola e até pagaria o aluguel de uma residência, caso ela quisesse se mudar.
Ainda de acordo com a publicação, a menina vivia em um dos quartos da igreja desde o último di…

JBS deve muito dinheiro ao BNDES. Será que vai pagar?

O procurador da República Ivan Cláudio Garcia Marx , que finaliza as investigações da Operação Bullish, vai cobrar da JBS o ressarcimento de ao menos R$ 2 bilhões ao BNDES por conta dos prejuízos causados ao banco de fomento nos financiamentos dados à empresa.

O valor do prejuízo estimado pela investigação já é superior ao ressarcimento que o grupo J&F se comprometeu a fazer ao BNDES em seu acordo de leniência, que foi de R$ 1,75 bilhão. Como Ivan Marx não aderiu ao acordo, ele pode denunciar os executivos do grupo e pode entrar na Justiça cobrando o ressarcimento desse prejuízo. O valor final a ser cobrado deve ser ainda maior, pois incluirá correções monetárias e indenizações.

Resta saber se os empresários pagarão a dívida ou deixarão na conta do povo brasileiro.


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência