Pastor admite estupro de menor mas culpa o demônio

Imagem
O pastor de uma igreja na cidade de Gaithersburg, no estado de Maryland (EUA), foi preso nesta quarta-feira (25) após ser acusado de uma tentativa de estupro por uma menina que frequentava o local. Ao ser questionado sobre o abuso, ele afirmou que foi levado a atacar a vítima por 'demônios internos'.
Segundo informações da rede de TV norte-americana NBC, o home, identificado como Octavio Cantarero, de 42 anos, é pastor na Igreja Pentecostal Príncipe da Paz e teria invadido o quarto da jovem, que não teve a idade revelada, enquanto ela dormia.
No depoimento, a vítima afirmou que acordou com Cantarero já em cima dela, mas que conseguiu lutar com ele e fugir do quarto. Após a tentativa de estupro, ele teria tentado abafar o caso e silenciar a garota com alguns presentes, além de prometer que a colocaria em uma escola e até pagaria o aluguel de uma residência, caso ela quisesse se mudar.
Ainda de acordo com a publicação, a menina vivia em um dos quartos da igreja desde o último di…

É Partido ou quadrilha? Presidente do PP vira caso de Polícia. A PF está limpando geral

O presidente do PP, Ciro Nogueira, com essa carinha de gente boa, usando terno e gravata,não parece que intermediou repasses de recursos públicos da ordem de R$ 43 milhões. Quem poderia imaginar isso?

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta sexta (22) a Operação Compensação, que tem como principal investigado o senador Ciro Nogueira (PP-PI). Os agentes cumprem mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao parlamentar. São alvos a casa do presidente da sigla no Lago Sul, bairro de Brasília; a casa e o escritório do senador em Teresina, Piauí. A CN Motos, uma das empresas de Nogueira, também foi fechada pela Polícia Federal.

A ação investiga supostos repasses, que somariam cerca de R$ 43 milhões, ao Progressistas (PP) por intermédio do senador. De acordo com depoimentos de colaboradores, os pagamentos eram feitos por meio de espécies e em doações oficiais para compra de apoio político do partido na campanha eleitoral para a eleição presidencial de 2014.

Os agentes cumprem sete mandados de busca e apreensão no Piauí, em São Paulo e no Distrito Federal e intimações para depoimentos de envolvidos. O irmão do senador, Gustavo Nogueira, também é alvo das investigações. A operação foi autorizada pela ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber.

O senador reeleito já havia sido alvo de buscas da PF em setembro do ano passado. A operação era baseada em um inquérito que investiga crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa supostamente praticada por empresários, políticos e doleiros.


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência