Sport TV lança comercial polêmico e profano

Imagem
O Canal Sport TV lançou sua chamada oficial para a decisão da Taça Libertadores da América entre Flamengo e River Plate, no próximo dia 23 de novembro. A chamada está gerando a maior polêmica nas redes sociais e no meio religioso.
No vídeo aparecem imagens de santos, velas e de Jesus Cristo. A comunidade cristã está contestando a peça publicitária que circula em Portugal.
Tentamos contato com a empresa mas ninguém retornou até o fechamento dessa matéria.


Assista e deixe sua opinião sobre o marketing esportivo do Sport TV.

Bolsonaro manda auditar a ANAC após a morte de Ricardo Boechat. Pra que serve aquilo?

A cada acidente aéreo no País, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) apenas lava as mãos por meio de comunicados, sempre muito frios, que pouco esclarecem, mas servem para colocar em xeque sua existência. Após o acidente que matou o jornalista Ricardo Boechat, a Anac informou que o helicóptero estava “regular”, com papéis em dia, como se isso significasse alguma coisa. A Anac já não faz sentido, tanto quanto a extinção do velho Departamento de Aviação Civil (DAC).

Quis o destino que Boechat, crítico desse tipo de omissão, fosse vítima do helicóptero que, fabricado em 1975, ainda voasse 44 anos depois.


A Anac informou que as licenças e habilitações de Quatrucci, de piloto comercial de helicóptero (PCH), estavam válidas. Só que não.

O helicóptero que matou Boechat não estava autorizado a transportar pessoas, mas o fazia mesmo assim. E a Anac, inútil, não o impedia.

Com diretores despreparados, indicados politicamente, a Anac atua para beneficiar empresas. Parece mais uma associação empresarial.

O presidente Jair Bolsonaro determinou, do hospital onde se encontra em recuperação, que se abra auditoria na ANAC para apurar responsabilidades em razão de aeronaves estarem sendo utilizadas sem autorizações e vistorias.


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência