Sport TV lança comercial polêmico e profano

Imagem
O Canal Sport TV lançou sua chamada oficial para a decisão da Taça Libertadores da América entre Flamengo e River Plate, no próximo dia 23 de novembro. A chamada está gerando a maior polêmica nas redes sociais e no meio religioso.
No vídeo aparecem imagens de santos, velas e de Jesus Cristo. A comunidade cristã está contestando a peça publicitária que circula em Portugal.
Tentamos contato com a empresa mas ninguém retornou até o fechamento dessa matéria.


Assista e deixe sua opinião sobre o marketing esportivo do Sport TV.

Política e Poder | Traição pesada: Flávio Bolsonaro é alvo de fogo amigo. Tem "marinho" no meio

O Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro (MPE) tem muito mais informações sobre Flávio Bolsonaro do que qualquer pessoa mais próxima a ele possa imaginar. O filho do presidente Jair Bolsonaro foi eleito Senador da República na última eleição e parece que isso tem incomodado gente próxima a família.

Informações dão conta que o MPE teria recebido até um álbum de fotografias da família, coisa muito pessoal, que pode comprometer as declarações de Flávio à Justiça.

A vaga de Senador é o que está em jogo de verdade nessa caçada com cara de combate à corrupção. O suplente de Flávio Bolsonaro é alguém muito próximo da família e que teria, de certa forma, contribuído para a campanha em 2018.

Caso a traição venha a ser confirmada haverá um racha muito sério dentro da estrutura partidária que poderá exigir de Bolsonaro decisões duras e pragmáticas. Na política brasileira o pragmatismo nunca funcionou muito bem, no final todos acabam ajeitando de alguma forma uma solução onde sempre quem sairá perdendo é o povo.

O que consta é que o MPE está recebendo informações precisas de gente muito próxima a família Bolsonaro. Traição é algo imperdoável na política!




Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência