MEC assume que errou notas do ENEM. A coisa está feia!

Imagem
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, admitiu neste sábado 18/I que notas do Enem foram divulgadas com erros.
"Encontramos inconsistências na contabilização e correção da segunda prova do Enem", disse ele em vídeo publicado nas redes sociais.
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inpe) liberou na véspera os resultados do exame. Imediatamente, candidatos relataram nas redes seu estranhamento com as notas.
Na manhã deste sábado, a União Nacional dos Estudantes (UNE) comentou a confissão do ministro:

ATENÇÃO!! MEC reconhece #erronoenem

Política e Poder | Eles não escolhem o sistema mas pagam o preço alto demais

A Vale tenta justificar o que não tem explicação. O que ocorreu em Brumadinho é um crime ambiental de proporções alarmantes. Mais uma vez uma grande mineradora é responsável pelo que eles denominam de "acidente".

Foi a Samarco, agora é a vez da Vale. Sabe quem será a próxima? A Alcoa. No Sul de Minas Gerais, a planta da Alcoa armazena uma bacia gigantesca de rejeitos que poderá ser despejado a qualquer momento sobre a cabeça dos moradores de Poços de Caldas. Vindo ocorrer, dirão que foi um "acidente".

Os animais não escolhem esse sistema irresponsável que pune com a morte que está no caminho. A natureza não vota, não escolhe. Os brasileiros precisam cobrar do novo governo uma posição enérgica contra a Vale, se possível lacrar a mineradora.

O Brasil não suporta mais esse tipo de situação que destrói a fauna e a flora, e deixa mais rico quem comete esse tipo de crime. Está na cara que ninguém acredita nas desculpas estapafúrdias que essas exploradoras do solo brasileiro dão quando atingem o limite de sua capacidade.

Chega!




Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!