George Soros investirá 1 bilhão de dólares. Pra quê?

Imagem
O bilionário George Soros anunciou na noite desta quinta (23) que investirá US$ 1 bilhão (cerca de R$ 4,2 bilhões) na criação de uma rede acadêmica para lutar contra os “ditadores de agora e em gestação” e as mudanças climáticas.
A iniciativa, batizada de Open Society University Network, foi divulgada num discurso em seu tradicional jantar anual durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.
Segundo nota publicada no site da fundação de Soros, a Open Society Foundation, o objetivo do projeto é conectar instituições de ensino superior pelo mundo, oferecendo cursos e programas de graduação conjuntos e pensado para reunir estudantes e professores de diferentes países.
A rede buscará alcançar lugares que não possuem educação de qualidade e busca promover os valores da liberdade de expressão e da diversidade de crenças, entre outros.
Soros ainda destilou duras críticas contra o posicionamento político e administrativo do presidente Jair Bolsonaro. O bilionário garante que o Brasil …

Política e Poder | A decisão de Jean Wyllys que o Brasil festeja e compartilha

O deputado federal Jean Wyllys que alcançou a política depois de participar do Big Brother Brasil, pela Rede Globo, tomou uma decisão que foi bastante festejada pelos brasileiros. Nas redes sociais teve até página de comemoração.

Jean disse que decidiu abandonar de vez o mandato de deputado federal e que vai deixar o Brasil pelos próximos dias. Sua atitude, segundo ele, é pela explosão de violência que vive o país tornando o lugar inseguro e difícil de viver.  Jean ainda atribui a Jair Bolsonaro o aumento da violência.

O que Jean não sabe. A violência no Brasil cresceu assustadoramente foi nos governo Lula e Dilma Rousseff. O Mapa da Violência no Brasil mostra aumento significativo relacionado ao relaxamento do Estado e a falta de investimentos em Segurança Pública. O Rio de Janeiro viveu seus piores momentos de violência nas gestões petistas.

Na sociedade brasileira existe a sensação de insegurança que perdura até os dias de hoje em razão dos fortes abalos emocionais provocados pelos reflexos da crise que contribuíram para o agravamentos dos crimes.

Jean, caso deixe mesmo o Brasil, não terá contribuído praticamente com nada na condição de homem público. Protagonizou polêmicas, debates ideológicos e puramente partidários sempre focados nos objetivos de seu partido, o PSOL.

Vá logo e que seja feliz onde estiver.

Jean Wyllys abandona o mandato


Comentários

MAIS LIDAS

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência

Maduro mandar queimar lojas da Maçonaria sob acusação de organização criminosa

Arábia Saudita e Rússia ameaçam romper relações com Brasil. Agora ficou bonito!