Polícia Federal deflagra operação contra "laranjas" usados na campanha eleitoral em 2018

Imagem
A Polícia Federal deflagrou hoje (11/12) a Operação Títeres*, que tem o objetivo de investigar associação criminosa que seria responsável por fraudes e desvios de recursos públicos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha durante o pleito eleitoral de 2018.
Policiais Federais cumprem 06 mandados de Busca e Apreensão em Boa Vista, Roraima. Os mandados foram expedidos pela justiça da 1ª Zona Eleitoral de Roraima, após representação da Autoridade Policial pelas medidas e manifestação favorável do Ministério Público Eleitoral.
As investigações tiveram início após constatação que determinado partido político, em Roraima, obteve um índice de “custo de votos em reais” referente às candidatas ao cargo de deputado federal ou estadual vinte vezes superior à média brasileira.
Com a análise dos dados, a PF identificou candidatas aos referidos cargos que, apesar dos recursos recebidos, obtiveram um número irrisório de votos. Certa candidata teria recebido quase R$ 105.000,00 e obtido apenas 9 v…

ATENÇÃO | China fará o maior teste de chemtrails do mundo

A China está construindo as bases do que se tornará o maior experimento de chuva artificial na história, na tentativa de induzir a precipitação extra sobre o planalto tibetano.

O projeto vai ver dezenas de milhares de câmaras de queima de combustível instaladas entre as montanhas do Tibete, com o objectivo de impulsionar a precipitação na região por até 10 bilhões de metros cúbicos por ano, de acordo com relatórios.

O plano, que é uma extensão de um projeto chamado Tianhe ou 'Sky rio', desenvolvido por pesquisadores em 2016 na Universidade de Tsinghua da China, espera-se trazer chuva extra para uma área abrangendo alguns 1,6 milhões de quilômetros quadrados (quase 620.000 quadrado milhas).

Para um pouco de contexto, que é maior do que o Alasca, e cerca de três vezes o tamanho da Espanha, de acordo com o South China Morning Post (SCMP) e este imenso escopo significa a precipitação adicional esperada irá também ser volumoso, se o plano for bem-sucedido, equivalente a cerca de 7 por cento do consumo anual de água da China.

"[Modificar o clima no Tibete] é uma inovação fundamental para resolver o problema de escassez de água da China," disse a Lei Fanpei, presidente da China ciência aeroespacial e Technology Corporation, que está desenvolvendo o projeto estatal.

"Fará uma contribuição importante não só para o desenvolvimento da China e prosperidade do mundo, mas também o bem estar de toda a raça humana."

Enquanto parece algo saído da ficção científica, esta forma de modificação do clima, chamado semeadura de nuvens, é algo que os cientistas têm tentado retirar há décadas, e China é investido mais profundamente no conceito do que em qualquer outro lugar do mundo.


Comentários

MAIS LIDAS

Aberração | Filhas solteiras de senadores ganham 33 mil reais. "Isso vai acabar", diz Bolsonaro

Goooooool! | Governo decide acabar com auxílio-reclusão

Deputados querem "gorjeta' de R$ 10 milhões pra votarem a Reforma da Previdência